Ex presidiário tenta matar a própria mãe e a sobrinha em Pato Branco

Uma dupla tentativa de feminicídio foi registrada na tarde de quarta-feira (27) por volta de 14h35 na Travessa Tiradentes, bairro Santo Antônio em Pato Branco.

Segundo o que foi apurado pela polícia, o ex presidiário Marcos Roberto Lopes de Carvalho, 34 anos, vulgo “Mancha” foi liberado da penitenciária há alguns dias e nesta tarde foi até a casa de sua mãe Roseli Carvalho e atacou ela e sua sobrinha de 15 anos com golpes de faca e fugiu em seguida.

A avó e a neta foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros e Samu e encaminhadas para o hospital com ferimentos graves. A adolescente em estado mais crítico.

O autor da dupla tentativa de feminicídio foi localizado pela Polícia Militar dentro de uma vala, com cerca de dois metros de profundidade no meio da lama, na Rua Iva, cerca de dois quilômetros de distância da casa da mãe onde cometeu os crimes.

Após ser preso ele concedeu entrevista ao repórter Regis Telles da Rádio Itapuã, e revelou que cometeu os crimes porque sua sobrinha havia acusado ele de estupro. Disse que cumpriu 4 anos de prisão na Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão e foi posto em liberdade há cerca de um mês.

Regis perguntou por que ele esfaqueou a mãe? “Ela se atravessou cara, eu queria acertar a minha sobrinha aquela pilantra, mas a mãe não”.

Ele disse ainda que já “puxou” 19 anos de cadeia pelos crimes que cometeu e havia saído com tornozeleira eletrônica, mas arrancou há alguns dias.

E por fim o repórter Régis perguntou: E agora como fica? Ele respondeu “Agora vou mofar né cara, fazer o que?”

Fonte: PP NEWS – FRANCISCO BELTRÃO

Acusado de tentar matar a mãe e a sobrinha